sexta-feira, março 04, 2016

E O OSCAR VAI PARA JENNY BEAVAN

Não tenho nada contra quem posta fotos de look do dia, muito pelo contrário, acho que ajudam a nos dar uma alusão do que vestir no dia a dia.
Lógico que cada pessoa imprime um pouco do seu gosto pessoal no que está vendo, e daí tira ideias do que compor do seu guarda-roupa.
Isso não significa que somos escravos da moda, pode sugerir justamente o contrário.
Eu tenho um instagram @proenca_valeria onde posto fotos de meus looks diariamente, mas há postagens utilizando repetições de roupas, paletós reformados, peças que tenho há mais de 5 anos por exemplo. No caso do paletó marrom do meu pai, ele existe há mais de 25 anos! Depois que meu pai faleceu, mandei reformar e o uso até hoje. Isto serve para mostrar que quando apostamos em peças de qualidade, teremos uma durabilidade muito maior em nosso armário, e sendo assim não haverá a necessidade emergente de recorrer as lojas de departamentos ou as promoções feito uma louca, porque supostamente não há o que se vestir.
No entanto, devemos respeitar a individualidade de cada pessoa, e me peguei pensando sobre isso, justamente por conta da premiação do Oscar desse ano.
Entre tantos vestidos deslumbrantes, uma mulher corajosa recorreu a peças que lhe deixariam confortáveis e representariam seu estilo de vida: Jenny Beavan .
Vencedora do Oscar de melhor figurino por Mad Max, subiu ao palco usando uma calça escura, uma jaqueta de couro vegan e sapato fechado. Trazia ainda um lenço colorido em vermelho no pescoço. 
Fugindo totalmente do protocolo, ela foi vestida dela mesma. Disse que não se sente confortável usando salto alto e vestidos de gala. 
Não vou fazer uma ode ao figurino de Jenny, mas sim a sua autenticidade.
Faltam mais pessoas corajosas assim no mundo. Afinal o que é a moda senão uma ousadia, uma irreverência aos padrões? 
Se formos analisar o Oscar deste ano, nada me tirou o ar, nada chamou minha atenção a ponto de dizer um "Ohh". Muitas mulheres de tomara que caia, que eu particularmente acho feio, porque a pessoa passa o tempo todo ajustando a peça no corpo e ainda amassa os seios. E os demais foram sem graça, com uma ou outra mais interessante. 
Por este motivo, a autenticidade de Jenny que comprou suas roupas numa loja de departamentos inglesa, acabou sendo a mais original.
Eu posto meus looks tentando fazer com que as pessoas tenham mais ideias sobre um melhor aproveitamento de suas roupas. Seu vestido pode ser diferente do meu, mas a ideia é a mesma. Precisamos eliminar o consumismo banalizado de nossas vidas.
Por isso hoje, minha foto destaque vai para a arrojada Jenny Beavan.
O que acharam?
Beijos e até mais!

JennyBeavan


Você pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...